É engraçado e até meio triste, como diversas coisas na nossa vida. As caixas de lembranças sempre existiram e ainda devem existir aos montes. São importantes demais. O que eu quero ressaltar aqui é a velocidade com que as coisas são inseridas nelas. Muitas vezes nem inserimos. Muitas vezes a gente nem tem tempo de digerir as coisas que são jogadas lá dentro e nem nos damos conta do tanto de coisas que são importantes pra gente agora no presente. Mas assim que ouvimos uma música ou sentimos algum perfume antigo, as imagens vêm aos montes...

7 comentários:

leo fanelli disse...

fala alex, arrepiando no blg hein cara, eu sempre aprendo algo quando entro aqui, isso é muito bom!!! abs

Não Concordo! disse...

tinha feito um puta comentário mas deu pau e se perdeu, resumo:

é engraçado como a gente vai enchendo essas caixas sem saber às vezes porque estamos fazendo isso, mas quando depois de perdida um tempo em cima do guarda-roupas a gente abre ela e entende tudo, e tudo parece tão vivo.

Kel disse...


Vi um desenho seu uma vez e resolvi dar uma de curiosa [rs]
Seu trabalho é mto legal, parabéns!
E essas caixas... mexem mto com a gente.

Bellajubellaisabella disse...

Eu sempre guardei várias caixas dessas, agora estou tentando colocar todas dentro da caixola poderosa que temos aqui em cima (*indicador apontando para a cabeça).
Qual será a melhor solução?
Carpe diem....

Douglas Soares disse...

Cê ta ficando muito filosofo... essas caixas as vezes nos dão um baita susto... a jente lembra cada coisa!

Deborah disse...

Nossa, é verdade, essas sensações trazem uma recordação muito mais intensa, pena que não dá pra guardar cada cheirinho e música na própria caixa, né.. mas mesmo assim, os escritos ainda tem o valor importantíssimo de eternizar o passado, me divirto pra caramba lendo as poesias que meu pai escreveu quando jovem e as cartas da minha mãe, escondido é claro... hehehe...

EDDE WAGNER disse...

Este tipo de sentimento nostálgico é uma delícia. Tem uma delicadeza nisto muito gostoso e reconfortante, pelo menos pra mim.
Achei as cores suaves bem modernas!...