O texto a seguir é o resultado jogado no papel de algumas reflexões sobre a nova fase da minha vida:

O vento bate com calma. Bom.
Balança a persiana e refresca as minhas idéias.
Sempre volto andando calmamente. As ruas são tranquilas.
Os pés folgados dentro dos tênis.
Observo com atenção despreocupada as pessoas e ninguém.
O sol fica bonito por trás dos prédios.
Ele fica tímido e amigável nessas tardes frias de fim de inverno.
Vou seguindo despreocupado.
Os pés? Vão folgados dentro do tênis.

4 comentários:

bródi disse...

posso te levantar um copo cheio de Brahma?
citando um "ô, Leléco!"?

minha expressão no momento, cara.
cê me crê.

Bellajubellaisabella disse...

Será que aquela palavrinha no seu tênis novo não se calou para poder observar essa nova fase?
Caminhe, meu amor!
Estou amando te ver assim!

você sabe quem disse...

a pedra! o orvalho gotejante, ah a relva tão verde

André Toma disse...

Cói! Valeu pelos comentários, cara!
Gostei mesmo!
E, gostando de ver também, sua evolução...tá se tornando um artista completo!
Curto muito seu estilo com as linhas e com as palavras!
Grande abraço!