Todos já devem ter se deparado com um sujeito desses. Quando esses caras estão diante dos caça-níqueis, pode rolar o maior terremoto de todos os tempos que eles nem vão notar ( É claro, se ele não atrapalhar o joguinho ). Eu tomei emprestado a imagem desse senhor lá no China, um fecha-nunca da Brigadeiro onde os funcionários sempre molham nossos pés quando estão lavando o chão e querendo ir embora.

8 comentários:

deborah disse...

"Por me deixarem jogar
e por querer me extorquir.
Deus lhe pague."

- parafraseando "Deus lhe pague" do Chico Buarque, foi a m�sica que me veio a mente quando vi a ilustra�o.

um abra�o e feliz anivers�rio adiantado

lastikas disse...

não notam nada,
o dinheiro indo embora,
o casamento acabando,
o cabelo caindo,
a vida esvaindo nas moedas depositadas na máquina...

Diogo Nogueira disse...

Ae rapaz! como anda? hehe esses tiozinhos ai são fodas haha tem em todo o lugar... o bom é que da pra desenha-los sem preocupação que eles ficam sempre paradão assim movendo quase nada... hehe
pq pior coisa é modelo que não para queto fala ai.. haha

Toma disse...

E aí, Alex!
Tá desenhando muito, hein?
Gosto muito de ler seus textos, também!
Continua aê!
Grande abraço!

Bellajubellaisabella disse...

"papa-níquel"
Existem tantos por aí, e nem são maquininhas...

lastikas disse...

hahahahahahahahahah bem observado Jú

Diogo Nogueira disse...

o meu rapaz, vc lembra um livro que vc levo no começo do ano pra sala que a ilustração era meio que montagens digitais e com uma aparencia bem monstrenga e tudo mais?? então vc pode passar para mim o nome do ilustrador??
valeu ae abraços

EDDE WAGNER disse...

Putz, Alex, este traço mais expressionista ficou lindo. Faz mais algum deste jeiro, com umas manchas!